O nosso "arraía" foi pra lá de "bão", "sô"!